Notícias

Novembro Azul: é hora de valorizar a sua saúde


Novembro Azul: é hora de valorizar a sua saúde

O movimento de prevenção ao câncer de próstata, conhecido como Novembro Azul, tem como princípio conscientizar a população para os cuidados com a saúde do homem. O Instituto Nacional do Câncer aponta a doença como o segundo tipo de tumor maligno mais comum entre a população masculina brasileira. Nesse cenário, a falta de informação e o preconceito podem contribuir de forma negativa.

A campanha do mês de novembro surge com o intuito de divulgar a importância do diagnóstico precoce. Em todos os casos, a prevenção é sempre aliada do bem-estar. Compartilhar conhecimento também! Pensando nisso, ao longo do texto, apresentamos as principais características do câncer de próstata e dos exames preventivos.

Como o câncer de próstata se desenvolve?

Exclusiva do sistema reprodutor masculino, a próstata pesa cerca de 20 gramas e pode ser comparada a uma castanha. Junto às vesículas seminais, ela é responsável por produzir o esperma e nutrir os espermatozoides. A glândula gera, ainda, células que, quando não seguem o fluxo normal de desenvolvimento, podem formar o câncer de próstata.

A doença, na maioria dos casos, demora a se manifestar. Consequentemente, os exames preventivos tornam-se fundamentais. Se descoberto em estágio inicial, o distúrbio ganha chances de cura maiores. Em fase avançada, os sinais aparecem. São eles: dor óssea, dor ao urinar, insuficiência renal e presença de sangue no sêmen e na urina.

O que fazer para estar prevenido?

Como a maioria das doenças, uma maneira tradicional de prevenção é a adoção de hábitos saudáveis. Incluir atividades físicas na rotina, ter dieta rica em frutas e verduras, diminuir o consumo de álcool e não fumar pode fazer a diferença. Além disso, como dito, os testes preventivos devem ser feitos.

Para o diagnóstico precoce do câncer de próstata, como é constantemente lembrado no Novembro Azul, o indicado é que, a partir dos 50 anos, todos os homens realizem o toque retal e o exame de PSA no sangue. No exame de toque retal, o médico responsável vai avaliar a próstata, detectando se existem alterações em sua consistência.

O PSA é o Antígeno Prostático Específico. A avaliação é feita com amostra de sangue e mede a quantidade de proteína produzida pela glândula. Os níveis mais altos devem ser investigados. A coleta é feita em laboratório e, no Laboratório Carlos Chagas, o resultado pode ser conferido on-line, com poucos cliques.

O melhor presente que você pode se dar, durante e depois do Novembro Azul, é a valorização de sua saúde. Encontre a unidade mais próxima de você e comece a se cuidar hoje!