Notícias

Exame de DST: informações sobre prevenção e identificação

As doenças sexualmente transmissíveis, conhecidas como DSTs, são infecções adquiridas na prática de relações sexuais sem proteção. No Brasil e no mundo, essas doenças são consideradas um dos principais problemas de saúde pública. Consequentemente, a importância do exame de DST é crescente: com ele, além da identificação, é possível prevenir danos ou distúrbios.

Entre os sintomas das disfunções transmitidas no sexo desprotegido, estão os corrimentos vaginais, as úlceras genitais e as bolhas ou verrugas em região genital. Ao apresentar qualquer um desses sinais, é fundamental visitar um médico. O profissional, ao conhecer o caso, indicará o exame de DST necessário.

Doenças comuns e exames detectores

A sífilis e a gonorreia são as doenças sexualmente transmissíveis mais comuns. Os exames laboratoriais que as identificam mostram a atuação de bactérias na secreção da lesão. Outras DSTs frequentemente diagnosticadas são o cancro mole, a candidíase e algumas hepatites virais. Há, ainda, o herpes genital, o HPV e a AIDS, a qual explicamos melhor sobre os testes e os tratamentos.

A AIDS é uma doença crônica que acontece quando a pessoa infectada pelo vírus HIV tem o seu sistema imunológico danificado. O agente interfere na habilidade do organismo de lutar contra os invasores que causam essa e outras doenças. Os testes mais usados para detectar o HIV são o anti-HIV e o imunoensaio enzimático (ELISA). Com eles, é possível ter identificação precoce do problema e buscar tratamento imediato. Como resultado, aumenta-se a qualidade de vida da pessoa.

Para prevenir a AIDS e as demais DSTs, o melhor método é o uso da camisinha. O preservativo, que evita a transmissão de doenças, também é o contraceptivo mais barato e de fácil acesso, tendo distribuição gratuita nos postos de saúde. Após uma relação sem a proteção, o exame de DST deve ser feito o mais rápido possível.  O objetivo, como já dissemos, é evitar mais danos no futuro.

Dúvidas? Entre em contato ou visite a unidade do Laboratório Carlos Chagas mais perto de você!